Viralização de conteúdos

Squirrel s with Lightsabers viral videos 373181 500 333 Viralização de conteúdos

É possível criar conteúdos virais? A resposta é sim, é possível. Mas não é fácil e muito menos garantido que seu “conteúdo viral” transforme-se, de fato, em um viral pela internet.

Para tanto ele precisa respeitar algumas regras básicas e a primeira é ficar atento ao que o público alvo, o target, conhece sobre o conteúdo que você quer transformar em viral. A mensagem e como ela é passada ao target é que vão determinar o potencial de viralização do conteúdo.

Atualmente, o marketing, especialmente o digital, tem se dedicado quase que exclusivamente à produção de peças e ações virais para chamar a atenção em meio ao turbilhão de informação que é produzido na rede. São bons trabalhos, é verdade, e às vezes conseguem uma quantidade razoável de visualizações. Entretanto, isso não é o suficiente, falta o básico para fazer “sucesso”: o compartilhamento pelos usuários.

Explico: a maioria das peças de marketing viral usa de links patrocinados, postagens em blogs e sites parceiros, etc, e com isso conseguem aguçar a curiosidade dos usuários e conquistam bons números de visitações e cliques. Mas as peças não caem no gosto do público, que decidi por não compartilhá-la. O compartilhamento é o segredo da viralização e não tem teto imaginável. Essa falta de sabedoria, por assim dizer, às vezes, podem se transformar a peça em fail, principalmente se a marca não se identifica como responsável pela peça.

O que fazer? A resposta é simples: partir para a próxima!